PROGRAMA_DE_ESTAGIOS.IPBio..IMG_8945.CR2

Depoimentos dos Voluntários

jesse-round.png
Inserir um subtítulo (16).png

4.8/5

Inserir um subtítulo (15).png

“Uau. Os últimos dois meses aqui foram absolutamente incríveis. Vim para o IPBio como “assistente de pesquisa” para acompanhar a progressão de uma das doenças fúngicas mais devastadoras que afetam os anfíbios em todo o mundo, chamada Bd em girinos de Boana Faber. Além disso, ajudei a projetar experimentos com uma rã rara chamada Leptodactylus flavopictus para determinar seus períodos de atividade e preferência alimentar, pois o IPBio é, até onde sabemos, o único lugar no mundo que conseguiu criar uma em cativeiro. Além disso, assumi mais algumas funções, incluindo cuidar dos animais que temos na reserva (tartarugas, peixes, sapos, girinos e lagartos), caminhar na floresta para coletar dados sobre bioacústica e amostrar e testar a qualidade da água do aquário. Trabalho realmente não parece trabalho na maioria das vezes - eu tenho que cuidar dos animais e caminhar pela selva todos os dias.
Meu tempo aqui foi verdadeiramente transformador. Os relacionamentos que fiz, a ciência que fiz e a consciência do mundo natural que ganhei ficarão comigo para sempre. Espero desenvolver minha experiência aqui e, eventualmente, me tornar um biólogo trabalhando no mesmo tipo de ambiente. Eu recomendaria essa experiência para quem ama ciência, conservação, natureza e está pronto para uma estadia cheia de aventuras!”

Jesse Garrett-Larsen USA; Assistente de pesquisa
 

Inserir um subtítulo (17).png

“A beleza natural das paisagens nunca deixa de impressionar. Macacos pulando entre as árvores, sapos, insetos, flores, árvores e animais de todos os tipos (acho que até uma jaguatirica!). O IPBio proporciona um monte de experiências incríveis aos voluntários. Eu ajudei o instituto a produzir vídeos de divulgação do programa de voluntariado. Amei o trabalho que fiz porque também pude colaborar com o trabalho de outros colegas. Nenhum dia foi igual ao outro. Nos fins de semana sempre tem uma atividade legal para fazer: boia cross (descer rios e correntezas locais sobre uma boia), caminhadas por cavernas com água até a cintura, escaladas até o pico das montanhas para ter uma vista incrível da floresta, além de excursões noturnas pela floresta em busca de aglomerados de cogumelos que brilham no escuro. Depois disso tudo, nem preciso dizer que eu recomendo fortemente o voluntariado no IPBio!”

Morgane Holley Suiça; Produtora cinematográfico
 

morgane-rounnd.png
Inserir um subtítulo (16).png

5/5

grant-round-1.png
Inserir um subtítulo (16).png

4.6/5

Inserir um subtítulo (15).png

“Vim para o IPBio por seis meses para trabalhar no programa de cogumelos bioluminescentes que visa cultivar esses cogumelos em condições controladas para que quem visite a reserva possa ver a magnificência de sua luminescência, já que os cogumelos só prevalecem nos meses úmidos de verão.

 

Alguns dias fico no laboratório fazendo vários testes, outros dias estou fazendo pesquisas e planejando o próximo projeto ou, quando precisamos isolar um dos cogumelos ou queremos procurar novas espécies, vamos para a floresta à noite para procurar. Isso envolve desligar a lanterna e caminhar lentamente enquanto olha ao seu redor. É realmente uma experiência única e surreal.

 

Desde que cheguei, fui fundamental para encontrar sete novas espécies de cogumelos na reserva. Um dia, enquanto procurava cogumelos, até encontrei a larva com um brilho azulado. Acontece que existe um gênero de mosca chamado Keroplatus no qual existem algumas espécies cujas larvas brilham em azul. Este é o primeiro registro de larva azul luminescente no Brasil ou na América do Sul. O Brasil ainda guarda muitos segredos!”

Grant Johnson USA; Projeto Cogumelo Bioluminescentes
 

Inserir um subtítulo (17).png

“O IPBio é praticamente um paraíso! Faz 3 semanas que trabalho lá e estou gostando bastante. Meu trabalho foi desenvolver a metodologia de amostragem de árvores para o inventário florestal. Depois disso já pude iniciar o primeiro inventário em uma das trilhas da reserva. O inventário inclui a medição e o reconhecimento das espécies, o que é muito importante para monitorar o crescimento da floresta e revelar características úteis sobre as espécies a serem usadas pela comunidade. O ambiente de trabalho no IPBio é excelente, e viver na Darwin House rodeado por natureza é muito confortável. Outro fator que gostei muito foi a quantidade de atrações do Vale do Iporanga: cavernas, cachoeiras, florestas, animais, comunidades e rios. Foi uma experiência incrível e que certamente me deixou boas lembranças.”

Claudio Guevara Chile; Inventário Florestal

IMG_2957-copysmall.png
Inserir um subtítulo (16).png

5/5

tess-round.png
Inserir um subtítulo (16).png

4.6/5

Inserir um subtítulo (17).png

“Eu sou dos Estados Unidos e fui voluntária na Reserva Betary do IPBio no Brasil por 5 meses no total. Recomendo vivamente o voluntariado no IPBio, pois tive uma experiência muito positiva e pretendo continuar a ser voluntário no IPBio remotamente daqui para a frente. No IPBio, trabalhei no Projeto Bioacústica. Minha semana típica no projeto de bioacústica incluía caminhar pela floresta para coletar dados de áudio, ouvir as gravações de áudio e ensinar o software a reconhecer cada tipo individual de vocalização de espécie e aprimorar minhas habilidades de codificação para criar um programa de análise.

 

Ao todo, achei o trabalho muito gratificante, relevante e consigo ver o impacto direto do meu trabalho.

Tess Leggio USA; Projeto Bioacústico

Inserir um subtítulo (17).png

“Ficar um mês na Reserva do IPBio foi a oportunidade perfeita para aprender sobre uma ampla gama de campos primordiais dentro das ações de voluntariado internacional. Dos fascinantes projetos de pesquisa científica do Instituto à descoberta do incrível Patrimônio Natural da Humanidade que a Mata Atlântica representa, há tantas coisas que me chamaram a atenção.
Aproveitei cada hora de jardinagem e manutenção de exteriores que fiz na Reserva, assim como todos os pequenos trabalhos que recebia para ajudar aqui e ali, como auxiliar os biólogos ou participar de eventos locais com a escola.
O IPBio é fundamental para a conservação da biodiversidade e o voluntariado lá fará com que você se sinta parte da proteção do nosso futuro.”

Marie Boudouard França; Manutenção de reserva
 

marie-round-1.png
Inserir um subtítulo (16).png

5/5

marleen-small.png
Inserir um subtítulo (16).png

4.9/5

Inserir um subtítulo (17).png

Cheguei ao IPBio há 4 meses e, desde então, trabalho na pesquisa com mamíferos que ocorrem na Reserva Betary. Isso incluiu muitas caminhadas que adorei porque a natureza ao redor da reserva é linda. Eu encontrei alguns mamíferos muito legais durante essa pesquisa (por exemplo: macacos-prego e um oncilla que é como um pequeno jaguar). As pessoas aqui também são muito simpáticas e estão sempre dispostas a ajudá-lo. Nos fins de semana, fazemos churrascos, fazemos caminhadas deslumbrantes na floresta, visitamos cavernas impressionantes como a Casa de Pedra que é a maior caverna do mundo, viajamos para ilhas próximas onde você pode ver golfinhos, desça o rio de tubo 3 horas ao sol e muitas outras atividades incríveis. Agradeço muito a minha experiência no IPBio e recomendo a todos!

Marleen Duindam Holanda; Assistente de pesquisa em biodiversidade
 

Inserir um subtítulo (15).png

“Meu tempo de trabalho no IPBio não poderia ter sido melhor. Como coordenador de voluntários, meu trabalho me viu assumir uma variedade de funções diferentes enquanto ajudava outros voluntários. Em particular, concentrei-me em ajudar no programa de anfíbios, o que me permitiu caminhar pela reserva semanalmente para ajudar no trabalho de campo. Além disso, criei um novo pacote de voluntariado para a organização, bem como vários pacotes de informações sobre muitos assuntos diferentes, que vão desde turismo local a guias de vida selvagem. Viver na reserva é confortável. A Darwin House possui uma cozinha totalmente equipada, bons quartos, uma casa de banho completa e, o mais importante, ar condicionado! Depois do trabalho, os outros voluntários e eu relaxávamos, jogávamos, assistíamos a filmes e nadávamos no rio (o que é incrível e tão refrescante em um dia quente). Os fins de semana foram emocionantes e passados ​​com muitas atividades divertidas diferentes. Exploramos cavernas, caminhamos até cachoeiras, descemos rios de bóia, fomos acampar e muito mais. A Mata Atlântica é realmente o sonho dos amantes da natureza, e o IPBio é uma organização incrível. Definitivamente e uma experiência incrível, eu recomendaria para qualquer pessoa que procura fazer um trabalho significativo em um ambiente incrível. Seja voluntário!”

Matthew Dunlop Canadá; Coordenador Voluntário / Comunicações
 

matt-round-small (1).png
Inserir um subtítulo (16).png

5/5

Blog dos voluntários

green-9-1024x272.jpg

Quer saber como é a vida no IPBio? O que é um dia normal de trabalho? O que os voluntários fazem nos finais de semana? Nosso blog de voluntários foi criado para que os voluntários em potencial pudessem ter uma ideia de como é a vida no IPBio. Nossos voluntários escrevem regularmente no blog, contando sua experiência pessoal no IPBio.

Mais voluntários